Sábado, 25 de Janeiro de 2020

MEIO AMBIENTE

Iniciadas atividades do Programa Pátria Amada Mirim no Tocantins

Iniciativa tem o objetivo de formar cidadãos com consciência ambiental

Fernando Alves/Governo do Tocantins
post


12 novembro, 2019 às 14:31

O governo do Tocantins iniciou nesta terça-feira, 12 de novembro, as atividades do Programa Pátria Amada Mirim (PAM), que tem o objetivo de formar uma consciência cidadã em crianças e adolescentes por meio da educação ambiental e da sustentabilidade. A primeira instituição beneficiada foi a Escola Estadual Entre Rios de Taquaruçu, onde devem ser englobados 50 alunos. 

No primeiros encontro, houve um diálogo entre a equipe do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e os alunos sobre o Cerrado, além de uma visita de campo para identificação das árvores, flores e frutos locais. De acordo com o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins, Warley Carlos Rodrigues, a importância da inserção deste programa nas escolas está no fato de que quanto mais cedo se inicia um processo de conscientização ambiental, são maiores as chances de formar adultos conscientes no futuro. 

O Programa Pátria Amada Mirim será executado também em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e de Educação, Juventude e Esportes (Seduc), o Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar do Tocantins.

O projeto é baseado nas temáticas Cidadania e Meio Ambiente, Natureza e Sociedade, Mudanças Climáticas, e se divide em duas linhas: PAM 1, com aulas teóricas e lúdicas voltadas para alunos dos anos iniciais do ensino fundamental, e PAM 2, com aulas teóricas e práticas em espaços diversos voltadas para estudantes das séries finais. As atividades ocorrerão em horários alternativos às aulas. 

O PAM será executado em etapas, tendo como meta para 2020 alcançar 5.500 crianças de 40 municípios. Para 2021, espera-se atingir mais de 8,5 mil alunos em mais 40 cidades, totalizando cerca de 14 mil estudantes em 80 municípios. Até 2022, o governo pretende abranger 25 mil alunos dos 139 municípios do Tocantins.