Segunda, 15 de Julho de 2024

Governador Wanderlei Barbosa atende solicitação da Força Nacional, e envia bombeiros militares ao Amazonas

Os cinco integrantes da missão contam com grande experiência em combate a incêndios florestais, e atuam na Humaitá

Crédito: Divulgação
post
Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

11 julho, 2024 às 01:12

Os bombeiros militares tocantinenses enviados pelo Governo do Tocantins ao Amazonas, por determinação do governador Wanderlei Barbosa, estão começando nesta quarta-feira, 10, a atuação de fato na Operação Guardiões do Bioma, numa continuidade à Operação Tamoiotatá IV/Aceiro. A missão é encabeçada pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins conta com cinco integrantes, e atuam junto à Força Nacional.

 

O comando da missão foi estabelecido em Humaitá (onde estão os tocantinenses), a cerca de 700 quilômetros de Manaus - AM, na região sul do estado. Ao todo a Operação Guardiões do Bioma conta com são 54 bombeiros militares, representando também o Amazonas, Roraima, Distrito Federal, Pernambuco, Pará e Maranhão. As equipes serão distribuídas em 04 cidades (Apuí,Lábrea e Boca do Acre), que vão combater incêndios em áreas desmatadas.

 

“Ainda estamos instalando o Posto de Comando e instruindo as equipes sobre o uso dos equipamentos e estratégias de combate”, informou o Tenente Vander Praxedes, do CBMTO, um dos mais experientes na Operação. Ainda integram a missão o Tenente R. Soares, os SubTenentes Noleto e Fernandes, e o Sargento De Oliveira.

 

A Missão tem previsão de execução até novembro. O Tenente Vander Praxedes comanda a equipe, e já esteve em operações idênticas a essa, mas nos estados do Pará, Piauí e uma internacional, no Chile.

 

“Estamos instalando o Comando por aqui, com a parte logística, para podermos executar missão paralela a outra da Força Nacional, que se chama Tamoiotatá IV/Aceiro. Nós estamos na transição, chegando com material de combate a incêndio florestal, instalando a parte logística, posto de comando, separando as equipes, fazendo as escalas, dando instrução dos materiais e estratégia de combate, técnicas, táticas e toda a parte operacional. Então, em seguida, vamos atuar. A gente está na fase de preparação”, detalhou Vander Praxedes.

 

Grande experiência

 

Ao destacar a participação dos bombeiros tocantinenses na Operação Guardiões do Bioma, na Amazonas, o coronel Peterson Queiroz de Ornelas, comandante-geral do CBMTO afirmou que “isso se dá pela grande experiência da equipe e capacidade da corporação no apoio aos demais Corpos de Bombeiros Militares do Brasil”. “Temos tanto os militares que estão na ativa hoje, preparados, nesta Operação Guardiões do Bioma, como também os da reserva, a exemplo dos que ajudam na Operação de Combate aos Incêndios Florestais no Pantanal [Mato Grosso do Sul]”, pontuou o coronel Ornelas.

“Todos são capacitados, e para nós é importante essa integração, essa parceria entre as corporações co-irmãs, servindo as populações que estão precisando de um apoio maior das instituições de bombeiro militar no combate aos incêndios  florestais.”, completou o comandante-geral.