Terça, 20 de Outubro de 2020

Aplicativo

Naturatins disponibiliza aplicativo que vai ajudar na restauração da vegetação nativa no Tocantins

Aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS

Foto: Internet
post


25 setembro, 2020 às 13:42

Os produtores rurais do Tocantins contam com uma nova ferramenta para auxiliar na restauração da vegetação nativa das áreas de preservação permanentes e de reservas legais que estão dentro de suas propriedades. Trata-se de um aplicativo para celular e tablet, o TO VERDE, que é um guia digital de identificação de espécies Nativas.

O aplicativo possibilita a identificação das espécies que fazem parte da vegetação natural de todas as propriedades rurais dos 139 municípios tocantinenses, além de trazer um amplo leque de informações técnicas para orientar a tomada de decisão quanto aos projetos específicos de restauração. Esses projetos passam, necessariamente, pela aprovação do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

Um dos objetivos do Código Florestal, aprovado em maio de 2012, é estimular a adesão espontânea dos agricultores ao grande plano de proteção da vegetação nativa brasileira. No caso do Tocantins, a recuperação e a proteção da vegetação tem um peso ainda maior, uma vez que o Estado está localizado no meio do bioma Cerrado e é chamado de caixa d’água, por causa da abundância de seus recursos hídricos.

E tanto o Cerrado quanto os cursos de água dependem da vegetação nativa para se manterem. E isso leva à necessidade de restaurar as áreas degradadas por causa das atividades agropecuárias ao longo das últimas décadas.

De acordo com o Código Florestal vigente, é responsabilidade de todos os produtores rurais a restauração da vegetação nativa das áreas de proteção ambiental e reserva legal dentro de suas propriedades, se estas estiverem degradadas. E a restauração só pode ser feita com o plantio de mudas nativas.

O principal objetivo do TO VERDE é dinamizar a escolha das espécies para projetos de restauração no Tocantins. Para tanto, foi feita uma lista de espécies, por município e/ou por região fitoecológica do Estado.

Além da listagem de espécies indicadas para os projetos de restauração, o aplicativo permite a identificação de espécies por meio da inserção de informações botânicas, baseadas nas características observadas para cada espécie. Essa identificação pode ser feita por produtores rurais ou funcionários de suas propriedades, utilizando o aplicativo.

A ferramenta fornece ainda informações técnicas e ecológicas de cada espécie selecionada, como nome científico e popular; características morfológicas; fenologia e autoecologia, região fitoecológica de ocorrência; grupos ecológicos; interesses econômicos e informações sobre produção de mudas. Ao todo, 126 espécies compõem a lista de plantas indicadas para restauração da vegetação nativa no Tocantins.

O que ocorre dentro de uma propriedade pode influenciar a paisagem positiva ou negativamente, afetando outros produtores, famílias e propriedades. Assim, uma situação de degradação em uma propriedade pode acarretar em prejuízos ambientais para as propriedades vizinhas, como no caso de um rio em que a vegetação da área de preservação permanente foi desmatada e o seu assoreamento provoca a redução da disponibilidade de água para as propriedades localizadas rio abaixo.

O Código florestal prevê a responsabilidade que cada produtor rural deve assumir diante do desafio de garantir a restauração das áreas destinadas para este fim em suas terras. Entretanto, coube aos órgãos públicos de gestão ambiental implementar medidas que viabilizem o cumprimento do Código.

Por isso, o Naturatins contratou uma consultoria, cujo resultado foi a elaboração de 14 produtos, dos quais o Guia Digital de Identificação de Espécies Nativas é um deles. Todos os produtos estão sendo financiados pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).

Por enquanto, o aplicativo está disponível para os sistemas Android e IOS. Brevemente, poderá ser adquirido gratuitamente nas lojas de aplicativos. Originalmente, o aplicativo se destinava aos profissionais envolvidos nas atividades de restauração da vegetação, a fim de possibilitar a identificação das espécies selecionadas em campo. Mas, quem quiser fazer uso da nova ferramenta poderá baixá-la pelo link: https://drive.google.com/open?id=1Ck9nvKf4b5UxUyDdT9K2Yp3I9WP543h7

Espécies

Os métodos de restauração da vegetação exigem que a condição da vegetação restaurada atinja características mais próximas possíveis da vegetação original. Por isso, é essencial diagnosticar o domínio das espécies na qual está inserida a área degradada a ser restaurada.

Essa informação é fundamental para a escolha das espécies a serem utilizadas e pelo modelo de restauração a ser adotado. É justamente para garantir agilidade e exatidão nessas informações que o aplicativo TO VERDE foi criado.

Entre as espécies já catalogadas como nativas de algumas regiões e/ou municípios do Tocantins estão pau-de-gaiola, muquém, amburana, cajuzinho-do-cerrado, caju, angico-branco, angico-cascudo, sucupira-preta, jequitibá-branco, pequizeiro, embaúba, copaíba, ipê-amarelo-miúdo, ipê-roxo e jatobá.