Sábado, 25 de Janeiro de 2020

MEIO AMBIENTE

Projeto que proibiria o uso de papel reciclado em embalagem de alimento é rejeitado por Comissão

Proposta foi apresentada após veiculação na imprensa de uma notícia em que papel higiênico estaria sendo usado em embalagens de ovos  

Banco de Imagens Pixabay
post


06 novembro, 2019 às 13:29

O Projeto de Lei 523/15, proposto pelo deputado Carlos Bezerra (MDB-MT), que proibiria a utilização de papel reciclado na produção de embalagens de produtos alimentícios, foi rejeitado nesta quarta-feira, 06 de novembro, pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados. 

O projeto foi rejeitado por todas as comissões de mérito e será arquivado, mas um recurso pode ser apresentado ainda para a continuação da tramitação. 

A proposta de Bezerra surgiu após veiculação na imprensa, em 2009, de uma notícia em que, supostamente, papel higiênico estaria sendo usado para a produção de embalagens de ovos.  

O relator do PL, deputado Zé Neto (PT-BA), havia apresentado parecer contrário à proposta e destacou que o fato é grave, mas não foi comprovado, e a proposta de Bezerra se estenderia a todas as empresas, de diversos setores. "O resultado líquido seria o banimento de uma indústria de largo benefício econômico e ambiental por obra de um desvio pontual. Se existem recicladores irresponsáveis na triagem do material que lhe chega, o certo é que eles sejam punidos pelas autoridades sanitárias, ou mesmo pelo mercado", destacou o relator.