Terça, 20 de Outubro de 2020

Jalapão

Sistema elétrico do Jalapão será modernizado

O principal ponto turístico do estado terá R$ 6 milhões investidos até o final de 2021

Foto: Reprodução
post


14 setembro, 2020 às 20:20

A energia elétrica proporcionou uma grande transformação para todos que moram, dependem ou visitam o principal destino turístico do Tocantins, o Jalapão. Desde 2019, a Energisa já investiu R$ 3,4 milhões na região e a previsão é de que investimento total supere os R$ 6 milhões até o final de 2021.

“Já passamos muitas dificuldades com relação à energia aqui na região. Caía bastante, nossos hóspedes ficavam sem energia, principalmente no período de chuvas. Agora, já fizeram a instalação do gerador, melhoraram a rede elétrica. Acreditamos que essa contribuição será muito importante e nos ajudará muito mais. Agradecemos toda a equipe da Energisa por fazer esses investimentos tão aguardados pelo povo de São Félix”, relata o empresário Luan Rocha Xavier, proprietário de uma pousada e fervedouro no Jalapão

Os avanços são estratégicos, já que a região atrai visitantes do mundo inteiro e é fundamental para a economia regional. Com as ações da Energisa, o sistema elétrico está preparado para receber novos estabelecimentos comerciais, além de fortalecer o agronegócio, principalmente os grandes produtores.

“Os investimentos realizados são fundamentais para o desenvolvimento do estado. E o Jalapão recebeu uma atenção muito especial da Energisa, aumentando a oferta de energia, melhorando nossa operação e reforçando as equipes em campo. Temos ciência dessa importância para o turismo e o agronegócio”, destaca o diretor-presidente da Energisa Tocantins, Marcio Zidan.

Dois grupos geradores - com potência de geração de 1,5 MVA - foram instalados para garantir o fornecimento de energia, de forma automática, em caso de qualquer ocorrência na rede elétrica. Em Mateiros, o grupo gerador entrou em funcionamento em janeiro deste ano. E o de São Félix inicia a operação neste mês.

Também foram instalados equipamentos inteligentes para melhoria do nível de tensão e para recomposição do fornecimento de energia em menor tempo, além de controle de vegetação nas áreas rurais. Os investimentos ainda contemplam a instalação de bases operacionais em Mateiros e em São Félix, melhorando a estrutura para a atuação das equipes e para o atendimento aos clientes em caso de qualquer ocorrência na rede.

“Quando eu cheguei aqui, não tinha nem estrada. Era difícil, não tinha energia, não tinha nada. Até para ir na cidade era a pé. Agora, estou feliz com a energia aqui. Comprei TV, geladeira, um sonzinho. Já podemos beber uma água fria, tem carne fresca para fazer um caldinho no fim do dia. Estou feliz”, conta o pequeno produtor rural Tadeu Ribeiro, que vive na Comunidade Quilombola do Rio Novo, dentro do Parque Estadual do Jalapão.