Domingo, 07 de Agosto de 2022

Queimadas

Unidades de Conservação recebem capacitações para brigadas florestais

Além de estratégias para o Manejo Integrado do Fogo (MIF), brigadistas aprendem desde o uso correto de EPIs às noções legais de uma Unidade de Co

Foto: Washington Luiz/Governo do Tocantins
post


23 maio, 2022 às 22:38

Nesta terça e quarta-feira, 24 e 25, o Governo do Tocantins, por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), capacita as brigadas florestais do Parque Estadual do Cantão (PEC) e da Área de Proteção Ambiental (APA) Ilha do Bananal/Cantão. A capacitação acontece na sede do PEC, em Caseara, região Oeste do Estado. Devem participar cerca de 50 brigadistas entre aqueles atuantes nas Unidades de Conservação (UCs) e os vinculados às prefeituras de Araguacema e Caseara.

As formações que começaram no mês de abril, pelas brigadas florestais da região Central e do Parque Estadual do Jalapão (PEJ), capacitou, na última semana, mais de 30 brigadistas entre os que atuam pela Prefeitura Municipal de Filadélfia e os do Monumento Natural das Árvores Fossilizadas (Monaf), em Bielândia, Unidade de Conservação (UC), gerida pelo órgão ambiental estadual. Na quinta e sexta-feira, 19 e 20, também foram capacitados cerca de 30 comunitários da Comunidade Pedreira, na zona rural de Lajeado, localidade pertencente a APA Serra do Lajeado.

Realizada pela Gerência de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico, ligada à Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas, as formações de brigadas têm o objetivo de alinhar estratégias de atuação, compartilhar conhecimentos e experiências vivenciadas em outras UCs a fim de prevenir e controlar os incêndios florestais e assim reduzir os prejuízos à fauna e à flora. Brigadistas aprendem desde noções legais de uma UC ao uso correto de Equipamentos de Proteção Indiviual (EPIs), além de aspectos ecológicos, socioeconômicos e técnicos para o Manejo Integrado do Fogo (MIF), estratégia de gestão ambiental adaptada a cada realidade local para integrar ações de controle de queimadas e de prevenção e combate aos incêndios florestais.

A atuação do Naturatins tem ainda o foco em promover o protagonismo das comunidades, com respeito às tradições culturais do uso do fogo para plantações e criação de animais. Por isso, a construção conjunta de um calendário de queima prescrita que antecede ao período de estiagem.

"Era algo que não existia antes, e agora existe em nossa comunidade. Colabora com as pessoas do lugar, é muito importante porque o fogo quando vem descontrolado causa muitos prejuízos às pessoas", avaliou o senhor Ronaldo Parente, produtor rural na região da APA Serra do Lajeado, após participar da capacitação direcionada à Comunidade Pedreira, finalizada na sexta-feira, 20, em parceria do Naturatins, Defesa Civil e Prefeitura Municipal de Lajeado.