Domingo, 24 de Outubro de 2021

MATOPIBA

Fundo Global para o Desenvolvimento Sustentável pode destinar 15 milhões de dólares para Matopiba

O secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Cesar Halum, se reuniu com diversas entidades para discutir produção e sustentabilidade.

Divulgação/Governo do Tocantins
post


11 julho, 2019 às 18:44

Secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) do Tocantins e coordenador do Grupo Técnico dos Secretários da Agricultura dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia (Matopiba), César Halum participou nesta quarta-feira, 10 de julho, do Encontro Latino-Americano de Carne Sustentável, evento que reúne representantes da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), de países da América Latina e representantes de empresas de grande porte das áreas de alimentação e frigoríficos. 

No evento, Halum deu continuidade às conversas que manteve com representantes do Fundo Global para o Desenvolvimento Sustentável (GEF), em maio, no Peru, durante a Conferência Good Growth (Bom Crescimento Global), em que propôs a elaboração de um projeto sustentável da carne para a região do Matopiba. O titular da Seagro obteve resposta favorável à sugestão e foi informado da possibilidade de aplicação de 15 milhões de dólares no projeto. A partir disso foi criado o Grupo de Cooperação Técnica voltado para o desenvolvimento da região. 

Na reunião, Halum fez parte da mesa redonda do Grupo de Trabalho Brasileiro para Pecuária Sustentável (GTPS) com representantes-chave do setor de pecuária sustentável da carne bovina do Brasil, Argentina, Paraguai, Colômbia e México. O secretário destacou que o Tocantins já faz uso, com sucesso, do Programa Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), que busca a melhoria da fertilidade do solo utilizando técnicas e sistemas adequados para a otimização e a intensificação da terra, garantindo a diversificação das atividades econômicas. Ele pontuou que o grande desafio do estado é a produção aliada a preservação.