Segunda, 15 de Julho de 2024

COP 30 é tema de painel na conferência em Dubai

O presidente do Sebrae Nacional participou do painel "A Amazônia aberta ao mundo na COP 30

Foto: Divulgação
post
Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins

06 dezembro, 2023 às 14:12

Espaço de diálogo para falar da Amazônia e a COP 30. Assim foi o painel “A Amazônia aberta ao mundo na COP 30″, realizado nesse sábado (2) pelo Sebrae e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), no Pavilhão CNI/Sebrae, na COP 28. A iniciativa integrou a agenda do segundo dia da Conferência em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, que vai até o próximo dia 12. 

 

O evento teve como painelistas a vice-governadora do Pará, Hana Ghassan, o presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, e o secretário de Estado na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, Mauro O’ de Almeida. A moderação foi realizada pelo diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno. 

 

“A COP 28 é uma oportunidade única da gente fortalecer o compromisso com a Amazônia. Nós temos provado que é possível produzir e preservar”, destacou a vice-governadora, ao falar do propósito do Governo. Segundo Hana, é preciso se preocupar com a questão da sustentabilidade econômica, ambiental e de inclusão. “São 29 milhões de pessoas na Amazônia, que precisam ser cuidadas para que possam nos ajudar a cuidar do meio ambiente”. 

 

A vice-governadora ressaltou a preocupação de deixar um legado para a região. “Ele está sendo construído a partir de agora, com atração de investimentos, educação ambiental nas escolas públicas, entre outros avanços”, frisou Hana. 

 

O secretário Mauro defendeu que o Pará está preparado para realizar a COP 30 e que é preciso entender que se deve oferecer uma experiência amazônica às pessoas. “Já participei de várias conferências e isso me credencia a concluir que, sim, estamos preparados, e que temos diferencial”. Segundo Mauro, um “desafio é incluir a agenda da floresta à conferência do clima”. 

 

Décio Lima lembrou o papel do Sebrae, do empreendedorismo e dos pequenos negócios. 

 

Primeiro, quero falar que nós representamos um espírito que reúne 60% da população brasileira que querem ser empreendedor. Segundo, 71% dos empregos brasileiros foram gerados pelos pequenos. Nós somos, portanto, uma parcela considerável da economia brasileira. 

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional. 

 

Segundo Décio, “essa importância também está presente na questão da sustentabilidade, uma marca própria do desenvolvimento econômico do Pará”. 

 

“Somos apoio quando se fala em empreendedorismo e pequenos negócios e COP. Traçamos uma estratégia focada em duas frentes: na necessidade de apoio aos empreendedores para aproveitarem as oportunidades de negócios; e preparando esse segmento para que contribuam, cada vez mais, de forma positiva quando se fala em questões climáticas”, explicou Rubens Magno em suas considerações. 

 

Agenda 

 

A agenda da comitiva do Sebrae no Pará na COP 28 segue até o próximo dia 7 de dezembro. Nesse domingo (3), o diretor Rubens e outros integrantes assistem ao painel “Como as pequenas e médias empresas podem mudar o curso de ação no combate ao clima”, que terá entre os painelistas o governador do Estado, Helder Barbalho, e o ministro das Cidades, Jader Filho. “Esse é um dos principais eventos da COP 28 em se tratando de pequenos negócios” destaca Rubens Magno. 

 

Na próxima semana, haverá uma série de visitas técnicas, para conhecer experiências que podem ajudar a preparar os pequenos negócios paraenses para a COP 30: Dubai Wast Manage, solução que transforma resíduos em energia (4); Fábrica da Smartbox (X36) em Al Quoz, para analisar as soluções, incluindo a acomodação de contêineres de luxo X36 – potencial solução para a COP30 (05); Projeto de mobilidade urbana FUGRO, embarcações elétricas e autônomas (06); in5 design no Dubai Design District e ao Dubai Festival City (07). 

 

Ainda no dia 6 de dezembro, haverá um evento de apresentação da COP 30 a diversos convidados, entre eles pessoas estratégicas para o fechamento de parcerias para a realização da conferência na região amazônica. No local, haverá a exposição “Em Cores’”– telas, fotografias, prints e impressões digitais que apresentam a região amazônica com sua diversidade cultural e pluralidade. São 10 obras, de 5 artistas – Rose Maiorana e fotógrafo Tarso Sarraf, Sebá tapajós – artista brasileiro da Street , Regilane Guajajara e And Santos.