Terça, 20 de Agosto de 2019

TURISMO

Hackatur escolhe soluções inovadoras no segmento da gastronomia

Competição, lançada pela Prefeitura de Belo Horizonte e Sebrae MG, une tecnologia e setor de alimentos no turismo brasileiro

Rodrigo Clemente/Prefeitura de Belo Horizonte
post
Hackatur é aberta às startups de todo o país que estejam dispostas a desenvolver programas inovadores gastronômicos.

22 julho, 2019 às 13:44

Ficam abertas até 28 de julho as inscrições para a segunda edição do Hackatur, competição tecnológica voltada para o segmento turístico brasileiro. A disputa, organizada pela Prefeitura de Belo Horizonte (MG) e pelo Sebrae Minas Gerais, é aberta às startups de todo o país que estejam dispostas a desenvolver programas inovadores gastronômicos para web, mobile e hardware. Os interessados devem estar em fase de operação ou tração, além de formalizados.  

Quinze empresas serão selecionadas para a fase de Bootcamp, que avaliará as ideias iniciais dos competidores. Oito startups passarão para a próxima etapa, a ser realizada no dia 12 de agosto. Nesta fase, elas começarão a desenvolver as soluções apresentadas anteriormente, participarão de workshops e mentorias com especialistas para aprimorar as propostas. Por fim, no dia 29 de outubro, uma banca avaliadora e investidores vão selecionarão os dois melhores projetos que serão premiados com o valor de R$ 5 mil, cada um.

Para avançar na competição, os projetos devem ser realizados de forma que atendam a algumas especificações como: saber das necessidades citadas pelo público-alvo, elaborar estratégias de relacionamento e trazer novos clientes, promover a sustentabilidade como diferencial dos restaurantes, e ainda, conectar profissionais especializados e qualificados no setor de alimentação, com o objetivo de reter grandes talentos.

O Ministério do Turismo apoia a iniciativa. O ministro Marcelo Álvaro Antônio entende que a iniciativa é induz o turismo brasileiro à inovação. “Temos uma grande diversidade gastronômica, que, aliada ao turismo e à tecnologia, pode contribuir para o desenvolvimento sustentável das cidades, oferecendo experiências culturais ímpares. Eventos como estes tornam o segmento dinâmico, criativo e ajudam a ofertar várias possibilidades para a promoção dos destinos e da economia regional”, destaca.

Onde se inscreverhttps://bit.ly/2LnzoZT