Quarta, 01 de Dezembro de 2021

PASSAGENS AÉREAS

IBGE aponta queda de 16,85% nos preços das passagens aéreas em 2019

Ministro do turismo atribui redução ao trabalho na atração de novas empresas e na flexibilização de leis que dificultam as atividades no setor

Banco de Imagens Pixabay
post


11 outubro, 2019 às 13:45

Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgados nesta quinta-feira, 10 de outubro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as passagens aéreas ficaram 16,85% mais baratas no acumulado de janeiro a setembro de 2019. Assim, este é o item não-alimentício que teve a maior redução. 

De acordo com o ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a redução é resultado do trabalho do órgão na atração de novas empresas e na flexibilização de leis que dificultam as atividades no setor. Antônio propôs, em setembro, a criação de um grupo de trabalho voltado para a redução do preço das passagens aéreas e aumento do número de rotas no país. Além disso, o trabalho poderá ser voltado também para melhorias na infraestrutura dos aeroportos, conectividade e atração de investimentos. 

O ministro também destaca as empresas "low cost", que são empresas com custo mais baixo por não terem divisões de classe nos aviões e não oferecerem serviços exclusivos a passageiros, o que diminui os custos. No Brasil, algumas empresas como a Sky e a Norwegian já estão realizando voos internacionais. A Flybondi passou a operar nesta sexta-feira, 11 de outubro, e a JetSmart a partir dezembro. A Air Europa também demonstrou interesse em atuar no mercado doméstico, segundo o ministério do turismo.