Quarta, 01 de Dezembro de 2021

Opinião

Quarta Gloriosa: Uma causa para apoiar e somar!

Por Glória Pires, Atriz e Empreendedora

Foto: Carol Quintanilha/ISA
post


27 outubro, 2021 às 19:39

Salve Glorioses! Cada vez mais a conectividade abre espaço para atuação individual e como é bom, esse sentimento de que estamos fazendo a diferença! Apoiando causas e ações que, não apenas nos são caras, como são para as coletividades, como por exemplo a causa indigena. A cada dia, nos deparamos com situações de vulnerabilidade, não só dos povos indígenas, como também das questões ambientais. Já sabemos o quanto um se beneficia da existência com o outro e o quanto nós, que vivemos nos centros urbanos, em todo o mundo, precisamos agir exigindo responsabilidade e equilíbrio entre progresso e sustentabilidade, se quisermos ter um futuro minimamente possível.

Você sabe como, mesmo distante, pode fortalecer os povos originários do nosso Brasil? Uma iniciativa da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro, a Foirn, está oportunizando o primeiro edital do Fundo Indígena do Rio Negro, que irá aplicar R$1 milhão em iniciativas e projetos na região.

Essa ação iniciadora vai alavancar práticas que já vinham sendo planejadas há anos na região, mas precisavam de um investimento. A Foirn é uma federação que representa 23 povos indígenas no Brasil, articulando ações em mais 750 comunidades na região que é considerada a mais preservada da Amazônia. O público alvo, vamos dizer assim, são as associações filiadas à essa Federação que se encaixem nas regras do edital. Essas associações trabalham em áreas do artesanato, produção de alimentos sem veneno com sistema agrícola tradicional, educação, proteção ambiental e no fortalecimento linguístico e cultural indígena. 

O fundo irá apoiar três categorias: cultura, economia sustentável e segurança alimentar: Na cultura, o objetivo é valorizar práticas e conhecimentos dos povos tradicionais indígenas rionegrinos. Já na área da economia, a aliança entre o uso sustentável dos insumos naturais, com a geração de renda é o que o projeto busca. O tema segurança alimentar, que fortalece ainda mais as formas alternativas de produção de alimentos nas comunidades.

Todas essas ações são para contribuir com o protagonismo das comunidades indígenas e fortalecimento das associações locais. A Foirn conta com o Instituto socioambiental, o ISA, e o apoio da Embaixada Real da Noruega.

Se você se animou, como eu, acesse a plataforma do ISA, para doar a partir de apenas 30 reais mensais, assim, você pode dar suporte para que essa e outras iniciativas, programas e projetos sejam desenvolvidos com consciência, de mãos dadas com a sustentabilidade e o respeito com os povos originários que vivem e protegem todos os nossos biomas.

O nosso futuro começa agora! Vamos participar dele?

Um beijo e até a próxima Quarta Gloriosa!